Empresas adotam home office como medida preventiva ao coronavírus

[ad_1]

Notícias divulgadas pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira, 12, confirmam: sobem para 60 o número de casos confirmados do coronavírus no Brasil. Em alerta sobre os riscos de transmissão, algumas empresas já estão adotando as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), que aconselha algumas estratégias preventivas, entre elas, o home office

Mesmo sendo uma recomendação da OMS, o trabalho home office pode trazer algumas inseguranças em relação à produtividade, ainda mais quando falamos de profissionais que não têm experiência nesse modelo. Por onde começar? Como organizar o meu horário trabalhando em casa? Como evitar distrações mesmo estando no convívio com meus familiares?

+ Home office: veja dicas de como ser bem sucedido trabalhando em casa 

A especialista em produtividade Tathiane Deândhela dá algumas dicas de como manter o foco e fazer o tempo render fora da empresa para aqueles que irão trabalhar em casa.  

"Para algumas pessoas isso pode ser um desafio, porque em casa temos mais distrações e outros afazeres nos chamando, mas é preciso fazer o tempo trabalhar a seu favor", comenta Tathiane, que também é autora do livro "Faça o tempo trabalhar para você". 

trabalho home office
Legenda

 

Confira dicas para ter um bom desempenho no home office 

Crie uma agenda eficiente

Existem algumas etapas principais que devem ser consideradas ao elaborar uma agenda eficiente. É fundamental que a pessoa perceba a importância de estabelecer e cumprir os horários que propôs para si mesmo. Caso contrário, é muito fácil distrair-se e acabar não realizando nada durante o dia.

"É válido lembrar que uma agenda não deve ser elaborada sem levar em consideração tempos de atraso ou intervalos. Quanto mais rígida a sua agenda, maior as chances de frustrar-se tentando segui-la", ressalta a especialista.

+ Programa Verde e Amarelo sofre críticas e passa por alterações. Veja! 

Tenha um lugar próprio para trabalhar

Para ser produtivo trabalhando em casa, é preciso definir um lugar apropriado para realizar as atividades. Deitar na cama com o notebook no colo vai dar sono e, com certeza, a tentação de se permitir alguns cochilos virá – o que não é nada produtivo.

Segundo Tathiane, o ideal é optar por lugares claros e frescos, preferencialmente isolado. A organização e a limpeza do ambiente também devem ser levados em consideração: mesmo estando em casa, não convém trabalhar em uma mesa suja. 

Outro destaque vai para as ferramentas a serem usadas durante o trabalho, que precisam sempre estar por perto, como papeis, canetas, post-its, régua, fita durex, grampeador e o que mais necessitar. 

"Organização é fundamental para que o trabalho seja realizado de maneira mais tranquila e é totalmente necessária para a concentração", aponta.

Encontre técnicas de foco

Definir períodos de descanso é muito importante e períodos de ação também. A técnica do pomodoro é ótima para manter o cérebro descansado e estimular-se a produzir o máximo que você conseguir em períodos curtos. Por isso, pode ser uma das que se tornam o melhor amigo do home office. 

Consiste em inserir intervalos curtos a cada 20-30 minutos de trabalho, conforme os seguintes passos:

  1. Liste as tarefas que precisam ser feitas;
  2. Inicie o cronômetro (geralmente 25 minutos);
  3. Escolha a tarefa inicial;
  4. Trabalhe na tarefa escolhida até que o alarme toque. Se alguma distração importante surgir, anote e volte o foco imediatamente à tarefa;
  5. Quando o alarme tocar, se houver finalizado completamente a tarefa, marcar um "x" na lista;
  6. A cada duas marcações, fazer uma pausa curta (3-5 minutos). Beba uma água, espreguice, vá ao banheiro, etc;
  7. A cada quatro "x" marcados, fazer uma pausa mais longa (15-30 minutos);
  8. Zere o cronômetro e a contagem de marcações;
  9. Retorne ao passo 1.

+ Mercado de trabalho: especialização é diferencial para quem quer se destacar

Não se distraia!

As distrações para quem trabalha em casa são tantas que é quase impossível evitá-las. Redes sociais, jogos e apps, família, TV, animais de estimação, a música do vizinho, tarefas da casa, etc. Trabalhar assim requer adaptação e apoio da família para dar certo. Converse com as pessoas que moram com você e explique que, assim como qualquer emprego, você tem tarefas a cumprir.

"Caso tenha filhos, defina escalas para ver quem fica com eles e combine para que não haja interrupções. Delegar (e fazer!) tarefas da casa também é crucial para ter resultados acima da média no trabalho", analisa Tathiane. 

Descubra ferramentas para aumentar a produtividade

Ao trabalhar em casa, o cuidado para ser mais produtivo deve ser triplicado. Felizmente, hoje em dia existem inúmeras ferramentas que podem ajudar com isso. Abaixo, Tathiane Deândhela lista alguns programas que podem contribuir para a execução das atividades:

  • Evernote
  • Wunderlist
  • Aprovado
  • Trello
  • Google Agenda

+ 1º trimestre de 2020 registra mais trabalhadores por conta própria

"Apesar de todo o conteúdo gratuito que pode encontrar na internet, não deixe de investir em si mesmo. Desenvolver-se e ampliar seus conhecimentos pode gerar resultados extraordinários. Aproveite a economia de tempo de deslocamento e procure cursos e livros que agreguem ao trabalho e ao desenvolvimento pessoal e profissional. Fazer o tempo render a seu favor pode ser uma grande vantagem", finaliza a especialista Tathiane Deândhela.

 


[ad_2]
Fonte